[Mulheres da Bíblia] “Eva – E a Culpa É Deles!” por Pr. Samuel Vitalino

“Adão lhe deu o nome de Eva, por ser ela a mãe de todos os seres humanos” (Gn. 3:20)

Eva: Auxiliadora Idônea

Homem e mulher foram criados à imagem e semelhança de Deus, e ambos receberam o Mandato Social, ou seja, mandamento relativo aos relacionamentos interpessoais: Gn. 1:28 “Deus lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todo animal que rasteja na terra”.

Antes, entretanto, da mulher sequer existir, o homem (que Deus havia colocado o nome de Adão) recebe os Mandatos Cultural e Espiritual, respectivamente relativos ao trabalho e ao culto e obediência a Deus. (Cf. Gn. 2:15-17 “Tomou Deus ao homem e o colocou no jardim para o cultivar e guardar; e lhe deu essa ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia que comerdes, certamente morrerás”), note que apenas depois disso que Deus disse em Gn. 2:18 “…Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”.

Muito trabalho foi realizado ainda no sexto dia, mas ainda não havia uma auxiliadora idônea, ou seja, compatível para o homem (Gn. 2:19,20). É surpreendente notar que todos os nomes dos animais foram dados pelo homem e só então a mulher foi formada com os propósitos muito bem definidos por Deus. Por algum motivo Adão lhe deu um nome naquele momento, mudando depois em Gn. 3:20, além disso, ele começa a exercer aqui o Mandato Cultural quando produz a primeira poesia, inspirado agora na sua musa, a mulher: Gn. 2:23 “Esta é, afinal, osso dos meus ossos e carne na minha carne; chamar-se-á mulher, pois foi tirada do homem”.

Nesse ponto da narrativa, aprendemos a razão teológica do casamento. Homem e mulher aqui representando a humanidade inteira, pois mesmo sem pai e mãe, o exemplo deles é usado por Moisés para afirmar: Gn. 2:24 “Por isso deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne”.

Até aqui já temos muitas aplicações importantes para as mulheres de elementos criacionais que precisam ser levados em conta ainda antes de falarmos em queda e redenção.

  1. Homem e Mulher são igualmente responsáveis pelo Mandato Social, especialmente no que diz respeito à procriação e cuidado com os filhos, mas I Timóteo 2:15 traz uma aplicação específica para as mulheres.
  2. Conquanto haja uma responsabilidade mútua, vemos Deus trazendo uma responsabilidade especial para o homem no que tange o Mandato Espiritual, e mesmo para o seu cumprimento, a mulher foi criada para auxiliar o homem em suas tarefas.
  3. O casamento para a mulher a transfere de ser protegida e guardada pelos seus pais para que ela seja protegida e guardada pelo seu marido; enquanto para o homem transfere ele diretamente para o status de protetor e responsável pela mulher.
  4. Ambos aqui viviam perfeitamente em suas funções, pois: Gn. 2:25 “Ambos, homem e mulher estavam nus e não se envergonharam”, realidade essa que mudaria pouco tempo depois (Gn. 3:7).

Eva: Parte Mais Frágil

Talvez por ser feita com cuidado especial por Deus, a mulher é descrita na Bíblia como sendo a parte mais frágil (I Pedro 3:7), num contexto de mostrar a responsabilidade do homem viver a vida comum do lar, ter discernimento e tratar ela com doçura e carinho, recebendo mais uma vez a responsabilidade espiritual de que não se interrompam as orações do casal.

Por isso mesmo que a sagacidade da serpente é vista quando ela se dirige à mulher e não ao homem, mudando a palavra de Deus: Gn. 3:1 “É assim que Deus disse: não comereis de toda árvore do jardim?”.

O primeiro ato legalista da história foi cometido pela mulher, pois, parecendo piedosa, ela tentar defender sua fé, mas faz isso adicionando à Palavra de Deus sobe o não comer do fruto: Gn. 3:2,3 “nem tocareis nele”.

Ela era, de fato, a “parte mais frágil”, pois com essa atitude ela abriu portas para o ataque sedutor de Satanás afirmar exatamente aquilo que ela queria ouvir (Gn. 3:4,5).

A sedução estava completa com o desejo dos olhos Gn. 3:6a – “vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e boa para dar entendimento”; daí para cometer o ato pecaminoso foi apenas um passo, pois “tomou-lhe do fruto e comeu”.

Aqui cabe uma pausa para mais algumas aplicações:

  1. Deus criou o homem para ser romântico, protetor e provedor, com isso bem claro em mente, as mulheres entenderão que a submissão bíblica é, na verdade, uma grande bênção do carinho especial de Deus.
  2. Assumir o papel de liderança no trato com a serpente foi um grande erro, assim, muitas têm errado hoje buscando sair de debaixo da proteção que o próprio Deus providenciou para elas.
  3. Mudar a Palavra de Deus é uma estratégia antiga de Satanás para iludir o ser humano, mas não menos perigoso que isso é a tentativa pseudo-piedosa de adicionar alguma coisa à Palavra de Deus, ainda que seja para se proteger (Cf. Colossenses 2:20-23).
  4. As mulheres devem guardar muito bem os seus olhos (o que vêm, assistem, procuram), pois Satanás sabe muito bem como usar seus próprios olhos contra você. Não o subestime, pois foi assim que o pecado entrou no mundo.

Eva: A Mulher que Tu Me Deste

Mas o título desse artigo aponta para “ELES” e não para “ELA” como os culpados pelo pecado. Como podemos afirmar isso, sendo que em Gn. 3:6 o que vemos é um ato meramente passivo: “ela… deu também ao marido, e ele comeu”.

Pois é exatamente essa total passividade de Adão que o transforma no primeiro feminista da história da humanidade. Afinal de contas, devemos lembrar que a responsabilidade de tomar a frente era dele, mas, mesmo estando ao lado dela, deixou que ela enfrentasse a situação sozinha.

Adão foi tão responsabilizado por Deus pela queda de todo cosmos que nenhuma palavra poderia ser tão clara quanto esta: Gn. 3:17 “Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa”. Afinal, lembre, o Mandato Espiritual havia sido dado apenas a ele e não a ela.

Outras consequências já são vistas imediatamente à queda. O estado perfeito do fim do capítulo 2 agora acaba, pois “abriram-se os olhos de ambos; e, percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira para si” (Gn. 3:7). Mais ainda, eles passaram a se esconder da presença de Deus, pois a sua voz já lhes era vergonhosa (Gn. 3:8-10).

Nesse novo estado, agora, de conhecimento desnecessário e nocivo, homem e mulher passaram não apenas a pecar, mas a não aceitar suas culpas, preferindo sempre transferi-la. Foi assim com Adão em Gn. 3:12 atribuindo “a mulher que me deste por esposa”, e depois ela quando disse em Gn. 3:13 “a serpente me enganou”.

Houve consequências até para o animal usado por Satanás, pois a serpente recebeu o seguinte veredito de Deus Gn. 3:14 “rastejarás sobre o teu ventre e comerás o pó da terra todas os dias da tua vida”.

Segue-se algumas reflexões importantes com essas informações:

  1. A passividade dos homens desde aquele tempo e ainda hoje é algo extremamente vergonhoso. Homens se escondem atrás do feminismo para não assumir seu papel protetor e terminam por incentivar as mulheres a assumirem papéis que não foram criados para elas. Tem sido assim na sociedade, na família e na Igreja.
  2. Mulheres devem desejar de um homem não menos do que esse texto ensina, pois mesmo Adão não querendo assumir a responsabilidade, ela não foi transferida, mas ele mesmo teve que receber (Cf. Romanos 8:19-22). Aliás, esse padrão é repetido por Cristo que assume a culpa da noiva (Igreja) recebendo ele a cruz em seu lugar (Cf. Efésios 5:25).
  3. Busque um líder assim. Alguém que não vai dizer sim a todos os seus desejos, pois assumirá em seu favor e proteção a liderança em todos os níveis, com todos os custos que isso trás.
  4. Esse texto nos lembra que pecados tem consequências. Tentar fugir, se esconder, transferir ou resolver do seu próprio jeito de nada vai adiantar. 5. Sobre as vestimentas que fizeram vamos observar suas aplicações a seguir.

EVA: A Mãe de Todos os Seres Humanos

O relato da Criação e da Queda já nos mostraram até aqui que Deus fez o homem para ser o responsável pela criação e a mulher para lhe dar apoio e auxílio nessa obra que agora se tornara mais árdua, pois seria “em fadigas que obteria o sustento todos os dias da sua vida… e no suor do rosto que comeria o pão até a morte” (Gn. 3:17-19).

Mas algo muito especial estava reservado aqui para a mulher. Até aqui ela deveria ter sido protegida pelo homem e não foi, e por isso, ainda recebe uma punição de Deus, fazendo com que o erro do homem (varão) seja ainda mais vergonhoso.

Mas Adão viu seu erro a tempo de redimir-se. Ele ouviu que nas punições de Satanás e da Mulher algo muito bonito foi revelado por Deus. Primeiro, quando a serpente foi condenada, o Evangelho foi pregado pela primeira vez: Gn. 3:15 “um descendente da mulher esmagará a cabeça da serpente”; e imediatamente Gn. 3:16 “disse à mulher: em meio a dores darás luz a filhos”.

De fato Adão entendeu seu papel quando assumiu de uma vez por todas o controle e autoridade amorosa. Gn. 3:20 “E deu o homem o nome de Eva a sua mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos”.

A redenção seria uma solução Divina e não humana, por isso Deus não aceitou a maneira como homem e mulher decidiram autonomamente cobrir a sua vergonha, com folhas de figueira (Gn. 3:7), mas iniciou aqui um rastro de sangue em todo Velho Testamento que só parou quando de uma vez por todas Jesus derramou seu sangue no Calvário; por isso Gn. 3:21 “fez Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher e os vestiu”.

Por fim, para preservar a humanidade até que viesse o Redentor, Deus os expulsou do jardim para que eles não comessem da Árvore da Vida e vivessem eternamente sem a possibilidade de redenção (Gn. 3:22-24).

Eis as aplicações finais:

  1. O trabalho foi dado ao homem para que este exerça a sua prerrogativa de prover para a sua casa, que por sua vez está muito bem cuidada e assessorada pela auxiliadora idônea (ou mulher virtuosa, como em Provérbios 31:10-31).
  2. Então, mulher, busque um homem que odeie a preguiça e que se esmere na produção que leva esse mundo para frente; seu trabalho no lar não é menos árduo, mas terá consequências redentoras.
  3. Entenda seu privilégio de ter filhos como o ato mais redentor que a humanidade pode produzir. Homem nenhum pode ter esse privilégio. Isso é tão mais profundo que Eva creu que Caim seria o Redentor (Gn. 4:1), mas o termo: semente da mulher foi tão específico que o Redentor desse mundo nasceu de uma virgem, uma mulher, somente, sem a intervenção de homem algum.
  4. Note esse grande privilégio nas palavras de Paulo, explicando até porque as mulheres não devem exercer autoridade no culto e na Igreja: “porque, primeiro foi formado Adão e depois Eva, e Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. Todavia, será preservada (lit. Salvadora) através da sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, em amor, e santificação, com bom senso”.

Eva não foi apenas a mãe de todos os seres humanos, mas no papel salvador da mulher, de dar a luz a filhos e, consequentemente cria-los na disciplina e admoestação do Senhor, foi a primeira ascendente daquele que nasceu apenas de mulher, Jesus Cristo!

Meu desejo é que a história de Eva coloque as coisas nos seus devidos lugares tanto na mente dos homens como das mulheres. Que eles exerçam sua liderança amorosa, como Adão antes da queda romantizou e depois da redenção assumiu; e que elas exerçam a sua submissão contente, produzindo uma próxima geração para salvar o mundo, afinal, lembre: o Mandato Social é papel dela também; e que ambos olhem para o Redentor Jesus Cristo como exemplo maior de liderança e de submissão!

_________
* Pr. Samuel Vitalino é o feliz esposo de Patrícia Vitalino e pai de Judah e Nathan. Natural de Pernambuco, reside atualmente na cidade de Salvador. Graduou-se em Direito e trabalhou na área por algum tempo decidindo posteriormente abraçar o ministério pastoral. Estudou no Western Reformed Seminary, M.Div e no Greenville Presbyterian Theological Seminary, ThM. Atualmente pastoreia a Igreja Presbiteriana de Brotas em Salvador-Ba.

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...