Esta excelente série foi escrita pelo Pr. Joel Beeke e Diana Kleyn. E é composta por cinco livros e, cada um deles tem ênfases diferentes:

1º) “Como Deus usou uma tempestade” – Vivendo para Deus e o Valor das Escrituras

2º) “Como Deus impediu os piratas”- Histórias Missionárias e Conversões Surpreendentes

3º) “Como Deus usou uma nevasca”- Honrando a Deus e Livramentos Dramáticos

4º) “Como Deus usou a seca e um guarda-chuva” – Testemunhas Fiéis e Crianças de Fé

5º) “Como Deus mandou um cachorro para salvar uma família” – Cuidado Divino e Fé Infantil

Fonte de imagem: Knox Publicações

Cada livro contém diversas histórias, sendo a maioria baseada em fatos. Mesmo as que são apenas ilustrações, também nos ensinam muito sobre princípios cristãos.

No final de cada história, tem perguntas para reflexão, referências de passagens bíblicas e um modelo de oração dentro dos ensinamentos vistos. Muito bom para pensarmos mais sobre o que aprendemos.

Fiz a difícil tarefa de escolher só uma história de cada livro para comentar aqui para vocês:

No primeiro livro, gostei da história de um escravo chamado Cuff que era muito temente a Deus e não cessava de orar. Seu senhor, um homem chamado João, até então ímpio, mandava castiga-lo quando sabia que ele estava orando. Porém, um dia, João ficou muito doente e sentiu medo de morrer e ir para o inferno. Foi aí que ele se lembrou em chamar Cuff para orar por ele. Ele orou, leu a Bíblia com ele e sua esposa, e, depois de um tempo, aquele homem foi curado – não só da doença, mas também se converteu! O escravo foi liberto, os dois se tornaram grandes amigos e missionários em terras distantes.

Do segundo livro, escolhi o texto com o título “O Senhor livra os Seus”, que fala de dois amigos: “Por muitos anos eles fizeram tudo junto. Contudo, a maior parte do que eles faziam não era bom. Nem Henry nem Gerrit haviam aprendido que precisavam de um Salvador. Os seus pais nunca lhes haviam falado do Senhor”. Depois de um ato muito maldoso de Henry, ele se arrependeu, se encheu de temor e então Deus usou tal situação para convertê-lo. Mas, seu amigo continuou descrente. Um dia eles saíram para caminhar e estavam conversando sobre Deus, mas de repente eles ouviram um barulho bem alto vindo da montanha e era uma avalanche que estava levando tudo! Os dois foram para trás de uma árvore e o amigo crente começou a orar. De uma forma incrível, aquela avalanche não pegou neles! Depois desse grande livramento, Gerrit se converteu.

Do livro três, destaco a história “Escondido na neblina”, em que podemos ver o socorro de Deus de imediato! Conta sobre os chamados “covenanters”, cristãos que viveram anos atrás na Escócia. Eles eram muito perseguidos por causa de sua fé. Num domingo à noite, alguns daqueles crentes se encontraram para prestar culto a Deus, e soldados vieram para prendê-los. Eles ouviram os soldados chegando e começaram a orar. Então, uma nuvem de neblina os cobriu e os soldados nem conseguiram ver aqueles cristãos que escaparam livres.

No quarto livro, escolhi falar da história de um fazendeiro rico em Illinois que um dia recebeu a visita de dois missionários. Enquanto ele mostrava as suas riquezas aos dois, um deles então perguntou quanto de tesouro no céu o fazendeiro estava acumulando. E com esta simples pergunta, aquele homem começou a chorar e percebeu que estava sendo um tolo.

E por fim, do último da série, falo da história que deu título ao livro: uma família pobre – uma viúva e seus três filhos – não tinha comida em casa e tiveram que dormir com fome. A mãe orou sozinha naquela noite e, no dia seguinte, orou junto com seus filhos pedindo que Deus cuidasse deles mais uma vez. Enquanto a mãe orava, as crianças ouviram arranhões na porta de trás – era um cachorro com uma cesta na boca trazendo pães.

Aprendi tanto com estes livros! Todos os dias, Deus cuida de nós – nos faz acordar, nos dá comida, vestes e tudo mais que precisamos. Os cuidados ordinários (de cada dia) já deveriam nos surpreender! E quando acontece algo extraordinário, como aconteceu em alguns desses relatos, chama muito a nossa atenção! Mas devemos nos lembrar de que é o mesmo Deus poderoso e gracioso cuidando de nós sempre.

Foi muito edificante também saber que pessoas comuns, como eu, viveram situações admiráveis de testemunho de amor a Deus e Sua Palavra. Deus as usou como instrumentos para levar o Evangelho para outros, próximos ou distantes. E tantas outras pessoas que tinham o coração duro, as mais improváveis, tiveram seus corações alcançados e transformados! Deus é quem tem poder para chamar os Seus eleitos – não sou eu com minhas próprias palavras que convenço as pessoas. Isso me anima a obedecer e falar de Cristo a todas as pessoas. O Evangelho é “o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê…” (Rm. 1.16).

Quantos testemunhos fiéis de irmãos do passado que honraram o nome de Cristo! Algumas crianças tão novas com uma fé tão profunda! Como preciso aprender com exemplos assim para buscar glorificar a esse Deus maravilhoso!

Estas histórias me inspiraram a pedir a Deus para me ajudar a ser uma cristã melhor, valorizar mais o estudo de Sua Palavra, os ensinos dos meus pais e a comunhão com irmãos.

Recomendo muito esta série a todos os meus amigos! Como é valioso aprender sobre o Deus de nossos pais que também é nosso, a Quem aprendemos cada vez mais a amar e a servir!

* Sara completará 9 anos de idade em julho/20. É filha do Presbítero Eduardo Oliveira e de Ana Carolina. Mora na cidade de Poá-SP e congrega com sua família na Igreja Presbiteriana de Poá, no bairro da Vila Varela. É irmã de Leonardo (5 anos) e de Esther (3 anos). Gosta de brincar, estudar em casa, ler e ajudar a mamãe na cozinha.