O “Fica a Dica” dessa semana é sobre o video de uma mensagem do Pr. Albert Martin sobre modéstia cristã feminina, um assunto muito pertinente para nós.

Há não muito tempo atrás um dos meus passatempos preferidos na internet era navegar por vários blogs de moda e maquiagem. Eu sempre gostei de moda, por isso não demorou muito para começar a me vestir conforme as tendências mais novas.

Meia calça com textura, vestidos curtos, tubinhos tomara-que-caia, esmaltes de todas as cores possíveis e imagináveis, batons vermelhos, blush marcado e assim por diante. Como eu sempre procurei ser autêntica e nunca tive a intenção de ter uma vida dupla, eu usava essas roupas até mesmo para ir à igreja. Algumas mulheres olhavam para mim com olhar reprovador, assim como o meu pastor, mas eu não me importava, achava que eles eram retrógrados.

Eu nem sei como e quando comecei a perceber que na verdade eu estava submersa no mudanismo a ponto de ser engolida por isso. Minha mente estava cauterizada e a palavra modéstia cristã nem sequer passava pela minha cabeça. Nem preciso dizer quão mal eu estava espiritualmente. Sei apenas que comecei a enxergar o problema quando voltei a buscar mais ao Senhor. Hoje me envergonho das roupas que usava nessa época, pois de fato eram de ruborizar.

Certamente não estou dizendo que hoje eu sou exemplo de modéstia cristã, mas tenho aprendido bastante e tenho buscado mudar. Hoje muita coisa já é bem diferente. Creio que na verdade antes eu não conhecia a beleza da mulher cristã modesta: uma beleza que vem de Cristo e que irradia a sua Glória.

Esse video é um alerta às nossas consciências. O pastor Al Martin, como de costume, é muito claro e direto, suas palavras são como flechas apontadas à nossa mente e coração e, se você é uma mulher que realmente deseja agradar ao Senhor, não há como simplesmente ignorá-lo. Posso dizer com experiência própria que os problemas apontados por ele nessa mensagem estão entranhados de forma tão profundas em nossa cultura que nem sequer enxergamos, por isso, são especialmente preocupantes para o nosso contexto.

O mais triste é que em muitas igrejas nem mesmo os pastores alertam às suas ovelhas quanto a esse perigo, mas se esse é o caso em sua congregação, não ache que a responsabilidade é apenas do ministro ou dos presbíteros: a responsabilidade também é sua, como mulher cristã, de estar atenta às tentações às quais o seu corpo e as suas roupas estão submetendo os seus irmãos na fé; é sua, como mãe, de instruir e conduzir as suas filhas; é sua, como mulher mais velha, de ensinar às mais novas.

Não deixe de conferir esse video, divulgue, compartilhe com as outras mulheres e moças da igreja, quem sabe, marque uma reunião para assistirem juntas e discutirem sobre o assunto. Sei que será uma excelente oportunidade de aprendizado e comunhão.

Meu desejo é que esse video seja tão edificante para você como foi para mim.

Imagem de Amostra do You Tube

Com amor,
Flávia Silveira

______________

*O Pastor Albert N. Martin serviu fielmente ao Senhor  e ao seu povo como Presbítero da Igreja Batista de Trindade de Montville, Nova Jersey por 46 anos, desde a sua fundação em 1967. Mais de trinta anos de experiência pastoral e um evidente dom de pregação fizeram do Pastor Martin um conselheiro e ministro amplamente reconhecido, sendo convidado para pregar em várias conferências. Em 2008, aposentou-se devido a problemas de saúde e se mudou para o Michigan junto com a sua esposa, Dorothy.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter7Share on Google+3Email this to someone